Um Regresso

“Diz que é uma espécie de magazine… DIZ QUE É UMA ESPÉCIE DE MAG-“

Ao que isto chegou: nada mais que repetições do programa anterior dos senhores fedorentos que também calhou serem gatos. Ai, enfim, pá, enfim.

Mudando nada brevemente de assunto, aqui está um post. Or is it?

Sim, é mesmo um post. Quem diria, hem? Depois de ter feito ingresso na FCUL, faço um magnífico regresso ao blog em si. Daqui a pouco far-se-á ouvir uma enorme algazarra em vários locais do país, embora isso provavelmente esteja mais relacionado com engarrafamentos. Felizmente, o blog é o Garrafive, portanto é apropriado.

Há algum tempo, fui embarcado numa viagem até aos confins do Universo, do mundo e até de Portugal. Essa não-muito-magnífica viagem incluiu uma passagem de 2-3 dias pelo Porto. O Porto, confesso, não é nada de especial. E, por essa mesma razão, não lhe dedicarei mais que este parágrafo.

Encontrei lá uma tabuleta que não tenho qualquer problema em apelidar de “o melhor que o Porto na sua totalidade tem para oferecer”.

E aqui está essa tabuleta:

tabuleta

Esta entrada foi publicada em Estupidez geral, Tugalândia. ligação permanente.

2 respostas a Um Regresso

  1. Emanuel diz:

    O template do site, pelomenos deste post, está bastante desregulado com as categorias, e os google ads, e etc. :p

    Parece-me ser devido à resolução da imagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *