What the?

Desconheço se será um problema do computador que uso para aceder aqui ao Garrafive, mas vi-me agora confrontado com uma versão deficiente e francamente desagradável da configuração que tanto trabalho deu à tempestade cerebral que resultou no trovejar ocasional que são os posts escritos por Cinclaw & Klawfive.
Agradecem-se confirmações da parte do “vasto” público.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

9 respostas a What the?

  1. Já fizeste refresh? Podes ter o style.css em cache.

    Confirmei com o rufferto, e ele também vê isto perfeitamente.

  2. Krono [pt] diz:

    Não. Tá tudo bem. Continua um espectáculo aqui o Garrafive.

  3. Klawfive diz:

    Eh pá. Muito obrigado, que a gente agradece. E, para que conste, a gente não lhe paga para dizer bem de nós 😛

    Quanto ao tema do post, posso confirmar que noto uma diferença ao nível da largura (uma larga diferença, diga-se). Tá em widescreen, vá. Não acho que seja mau, mas ainda estou a demorar a habituar-me. Não é este o tal “problema”, pois não?

    P.S: E então esse tal post cujo draft foi para o proverbial galheiro? A preguiça é tanta?

  4. Cinclaw diz:

    É o problema da largura, sim.

  5. “Problema” é uma palavra muito forte.

    Muitos blogs estão feitos de uma forma limitada: como não sabem o tamanho do ecrã das pessoas, limitam-se a uma largura baixa (800, ou mesmo 640), o que faz com que, em resoluções altas, metade do ecrã, ou mais, fique desperdiçado – uma coluna de texto minúscula no meio, e o resto tudo vazio.

    É, no entanto, possível dar a volta a isso, e fazer a largura ser dinâmica – e foi o que fiz. Tanto a 800×600 como a 1600×1200, é usado todo o ecrã.

    Acho muito melhor assim. Mas se vocês fazem MESMO questão de voltar à versão anterior, podemos falar disso no próximo almoço. 🙂

  6. Cinclaw diz:

    Eu faço uma entrevista inteira, se for preciso.

    (Tenho até ideia que a versão anterior do dito cujo também tinha largura dinâmica).

  7. Klawfive diz:

    Eu sinceramente não faço grande questão… até gosto assim

  8. Se antes tivesse largura de banda (não tinha, asseguro-te e garanto-te) e agora tem largura dinâmica, então o que é que mudou? 🙂

  9. Cinclaw diz:

    Parece mais… “rasco” é a palavra certa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *